Aposentados constroem união inédita na defesa de seus direitos

aspal
Por aspal agosto 15, 2014 22:30
DSC_0008
Nesta sexta-feira (15/8), as mais importantes lideranças dos trabalhadores aposentados do Estado de São Paulo estiveram reunidas na FAPESP (Federação das Associações e Departamentos de Aposentados, Pensionistas e Idosos do Estado de São Paulo). Em pauta, estava a reivindicação de que a Câmara dos Deputados aprove, em caráter de urgência, a PEC 555/2006 (extinção gradativa a cobrança de contribuição previdenciária dos servidores já aposentados e pensionistas) e o PLP 4434/2008 (trata sobre o reajuste dos benefícios mantidos pelo regime geral de Previdência Social e o índice de correção previdenciária).
“Estamos vivendo, neste momento, a edificação de um dos mais fortes e mais justos movimentos da sociedade civil. No Brasil, os trabalhadores aposentados somam 50 milhões de brasileiros, que se encaminham para uma histórica organização por seus direitos”. Estas palavras de Luiz Fuchs, da Coordenação da Frente São Paulo pela PEC 555 e 1º vice-presidente da DS (Delegacia Sindical) São Paulo do Sindifisco Nacional (Sindicato dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil), demonstram o caráter estratégico do evento.
De fato, o que compunha a agenda da reunião era a mobilização conjunta, dos aposentados brasileiros, do setor público e do setor privado da economia. Esta mobilização ocorrerá dia 28 próximo, a partir das 10 horas. “Estamos muito próximos de demonstrar a força que temos. O movimento de unidade que estamos construindo surpreenderá o governo”, afirmou Paulo Lino, também da Coordenação da frente paulista e diretor-secretário do SINAL (Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central).
A convocação está feita!  A data é 28 de agosto. O que queremos é acabar com a esdrúxula exigência de fazer com que os aposentados do serviço público continuem a ser obrigados a pagar por sua aposentadoria já conquistada. O que queremos é acabar com a figura tenebrosa do fator previdenciário que tanto infelicita a vida de quem dedicou sua vida ao trabalho e ao país.
Outros estados estão desenvolvendo ações semelhantes. E nosso movimento crescerá muito rapidamente!
Na próxima terça-feira, na sede do Sindifisco Nacional em São Paulo (localizado na Praça República, 468, 9º andar) haverá reunião da Frente Nacional São Paulo pela PEC 555 para organizarmos nossa participação no evento do dia28. A coordenação das entidades já está enviando os convites para seus integrantes.
A mesa que dirigiu esta memorável reunião do Una-se (Movimento Unificado dos Idosos Aposentados e Pensionistas do Serviço Público e do INSS), nome pelo qual esta unidade de luta passa a ser reconhecida, além de Fuchs, contou com a participação do Vice-Presidente da ABMLPM (Associação Brasileira de Medicina Legal e Perícias Médicas), Dr. Jarbas Simas; o diretor de Relações Nacionais e Internacionais da COBAP (Confederação Brasileira de Aposentados, Pensionistas e idosos), José Aureliano Ribeiro de Vasconcellos; o presidente (licenciado) e o presidente em exercício da FAPESP, respectivamente, Antonio Alves da Silva e José Prates; o presidente do SINDAFSP (Sindicato e Associação dos Auditores-Fiscais Tributários do Município de São Paulo), Wilson José de Araújo; o vice-presidente de Assuntos Parlamentares da ANFIP (Associação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil), Floriano Martins de Sá Neto; e o presidente da ASPAL (Associação dos Servidores Aposentados e Pensionistas da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) e representante da CNSP (Confederação Nacional dos Servidores Públicos) e FENALE (Federação Nacional dos Servidores dos Poderes Legislativos Federal, Estaduais e do Distrito Federal), Gaspar Bissolotti Neto.
  
Reunião Frente Nacional São Paulo
19/08 (terça-feira)
14H
Delegacia Sindical São Paulo do Sindifisco Nacional
Praça da República, nº 468, 9º andar – Centro – SP
Grande Mobilização pela PEC 555/06
28/08 (quinta-feira)
10H
Local de concentração: Rua 24 de Maio, 250 – Centro – SP
 Autor: Jornalismo DS/SP


aspal
Por aspal agosto 15, 2014 22:30
Escrever um comentário

sem comentários

Ainda não há comentários!

Deixe-me lhe contar uma história triste! Não existem comentários ainda, mas você pode ser primeiro a comentar este artigo.

Escrever um comentário
Ver comentários

Escrever um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*