PEC 555 E PEC 170: A LUTA CONTINUA!!!!

aspal
Por aspal outubro 1, 2014 10:31
Frente São Paulo organiza grandes mobilizações para outubro
DSC_0017

Após o presidente da Câmara dos Deputados, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB/RN), assumir a responsabilidade de colocar em pauta a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 555/06 no dia 14/10, a coordenação da Frente Nacional São Paulo convidou os integrantes do grupo para estabelecerem novas estratégias em prol da aprovação da matéria.
No encontro, realizado na quinta-feira (25/09) na sede da DS/SP (Delegacia Sindical) São Paulo do Sindifisco Nacional (Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil), as lideranças do serviço público do Estado de São Paulo analisaram os movimentos já realizados e extraíram os melhores modelos para uma grande mobilização prevista para os dias 14 e 21/10 no Auditório Nereu Ramos, em Brasília.
“Não temos mais tempo a perder. A hora é agora! Este é o momento decisivo para que a PEC 555/06 seja aprovada. Este é o momento de acabarmos com o fator previdenciário. Os aposentados do setor público e do setor privado estão unidos e se fortalecem na defesa do idoso brasileiro, aquele cidadão que com seu trabalho construiu este país”, destacou Luiz Fuchs, coordenador da Frente São Paulo e 1º vice-presidente da DS/SP.
Os presentes tiveram oportunidade de apresentar suas ideias e sugestões para diversificar a ação do movimento. Ficou decidido que, para a grande mobilização a ser realizada nos dias 14 e 21/10, serão levados cartazes com palavras de ordem, além disso, será realizado envio de convites para os colegas de Brasília e a elaboração de material audiovisual.
DSC_0011

Para o candidato a deputado federal, Rubens Nakano, esta é a hora do servidor público aposentado reivindicar o que lhe pertence. “Promessa é divida! No dia 14 estaremos em Brasília. Cobrando o direito de quem contribuiu o máximo para o nosso país. Que todo colega e amigo servidor juntem-se a nós nesse caminhada. Precisamos dessa força unida e coesa rumo a este alvo que é a aprovação da PEC 555”, concluiu Nakano.
Também estiveram presentes o presidente da APAFISP (Associação Paulista dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil), Ariovaldo Cirelo; o diretor de Finanças da CNSP (Confederação Nacional dos Servidores Públicos), Wagner Dalla Costa; o vice-presidente da ASSETJ (Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) e diretor de Imprensa e Divulgação da CNSP e da FESPESP (Federação das Entidades de Servidores Públicos do Estado de São Paulo), Sylvio Micelli; o presidente da ASPAL (Associação dos Aposentados e Pensionistas da Assembleia Legislativa de São Paulo), Gaspar Bissolotti Neto; o 2º Secretário da APROFEM (Sindicato dos Professores e Funcionários Municipais de São Paulo), Arnaldo Ribeiro dos Santos; a diretora de Políticas Sociais do SINESP (Sindicato dos Especialistas de Educação do Ensino Público Municipal de São Paulo), Norma Lúcia; a diretora executiva do SINTRAJUD (Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal no Estado de São Paulo), Maria Helena; o secretário geral do SINTRAJUD (Sindicato dos Agentes Fiscais de Rendas do Estado de São Paulo), Fabio Rodrigues; e a conselheira da AFPESP (Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo), Letícia Jobert.
Autor: Jornalismo DS/SP

Cláudia Mordente
Secretaria
(11) 3299-5350
aspal
Por aspal outubro 1, 2014 10:31
Escrever um comentário

sem comentários

Ainda não há comentários!

Deixe-me lhe contar uma história triste! Não existem comentários ainda, mas você pode ser primeiro a comentar este artigo.

Escrever um comentário
Ver comentários

Escrever um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*