PEC 555: Câmara poderá discutir e estados realizam audiências

aspal
Por aspal março 10, 2014 21:34

Edison Haubert, presidente do Mosap – Divulgação

por Sylvio Micelli / CNSP

Por iniciativa do Instituto Mosap (Movimento dos Servidores Aposentados e Pensionistas) e de suas entidades filiadas, as discussões sobre a Proposta de Emenda Constitucional nº 555/2006 podem ser retomadas após o Carnaval. Segundo Edison Guilherme Haubert, presidente do Mosap, o deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) cobrou a votação da PEC em reunião do Colégio de Líderes na Câmara dos Deputados em reunião realizada na semana passada.

Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), presidente da Câmara ficou de discutir o tema após o feriado.

PEC 555/2006, se aprovada, isenta gradativamente os servidores aposentados e pensionistas de contribuir com a previdência.

Minas, Rio Grande do Norte e Pernambuco discutem o tema

A realização de audiências públicas para discutir o tema tem sido constante. A PEC 555 será objeto de três audiências públicas já marcadas e que vão acontecer em Belo Horizonte, Natal e Recife. Segundo o Mosap, todas as audiências são de grande relevância, mas Haubert destaca o evento em Natal. “Lá é a terra do presidente da Câmara e do ministro da Previdência [Garibaldi Alves]. Temos que mostrar nossa mobilização”, convida.

Acompanhe as datas:

  • Belo Horizonte (MG), 17 de março de 2014 (segunda), 14 horas
  • Plenário da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
  • Rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho – Belo Horizonte/MG
  • Contato: (31) 2108-7000
  • Natal (RN), 28 de março de 2014 (sexta), horário a definir
  • Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte
  • Praça Sete de Setembro, Cidade Alta – Natal/RN
  • Contato: (84) 3232-5740
  • Recife (PE), 3 de abril de 2014 (quinta), horário a definir
  • Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco
  • Rua da União, 439 – Boa Vista, Recife/PE
  • Contato: (81) 3183-2211
http://www.sylviomicelli.jor.br/2014/03/pec-555-camara-podera-discutir-e.html

aspal
Por aspal março 10, 2014 21:34
Escrever um comentário

sem comentários

Ainda não há comentários!

Deixe-me lhe contar uma história triste! Não existem comentários ainda, mas você pode ser primeiro a comentar este artigo.

Escrever um comentário
Ver comentários

Escrever um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*