I ENCONTRO POR VIDEOCONFERÊNCIA DA FENALE

aspal
Por aspal julho 1, 2020 17:23

NOVOS TEMPOS NAS RELAÇÕES HUMANAS E SINDICAIS E A IMPORTÂNCIA DA DEFESA DA DEMOCRACIA

FENALE realiza seu I Encontro por videoconferência e aprova a Carta à Nação

Aconteceu nessa terça, 30 de junho, o 1º  Encontro Nacional por Videoconferência da Federação Nacional dos Servidores dos Poderes Legislativos Federal, Estaduais e do Distrito Federal – FENALE, que reuniu representantes de entidades sindicais e associações parceiras de servidores legislativos da União, Estados e do Distrito Federal.

O evento online foi o quarto que a FENALE realizou desde o início da pandemia por coronavírus. Antes aconteceram duas reuniões – uma do Conselho de Representantes e outra da Diretoria Executiva, além do Ciclo de Palestras que a FENALE deu início em maio passado.

Seguindo o padrão dos eventos presenciais, a abertura foi feita por José Eduardo Rangel (RJ), presidente da Federação, que destacou a importância e a maturidade dos representantes diante de um período diferente. “Vamos realizar o nosso Encontro com a mesma qualidade e dedicação das nossas reuniões físicas”. Rangel voltou a homenagear os diretores da FENALE recentemente falecidos em virtude da Covid-19: João Elísio Fonseca (SP), Anete Mendes (MA) e Edite Albuquerque (AC).

O presidente da Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP), Antonio Tuccilio, participou da abertura e parabenizou a Federação pela iniciativa de manter o calendário de atividades, mesmo durante a pandemia e pela importante representatividade dos Servidores do Legislativo de todo o país.

“Em seguida Nelson Menezes Florisbal, secretário geral da FENALE cumpriu a extensa pauta de atividades, tais como, leitura e aprovação de ata, comunicação de reposição da Diretoria Executiva (Diretor de Aposentados e Pensionistas, Pedro Sérgio Vinente de Souza-PA; Diretor Jurídico Substituto, José Cesar Fernandes da Fonseca-AM; e Suplente da Diretoria, Victorina Thereza Frugoli-S), leitura e aprovação do Relatório de Atividades, período novembro/2019 – abril/2020; apresentação de Relatório Financeiro, no mesmo período e apresentação e votação de moções.”

Também foi votada e aprovada a Carta à Nação que, de forma sucinta, expõe o posicionamento da entidade frente à política governamental de desmonte dos Serviços Públicos e a demonização de seus Servidores.

Participaram do Encontro, entre outros, representantes de entidades do Distrito Federal (SINDILEGIS e UNATAQ) e dos seguintes Estados: Alagoas (STPLAL), Amazonas (SINDILEGISAM), Espírito Santo (SINDILEGIS-ES), Minas Gerais (SINDALEMG), Pará (SINDALEPA), Paraíba (SINPOL), Rio de Janeiro (ASALERJ, SINSEAL), Rondonia (SINDLER), Rio Grande do Sul (AFIAL), Santa Catarina (SINDALESC), São Paulo (AFALESP, ASPAL e SINDAP-SP) e Sergipe (SINDALESE). Também participaram servidores e outras representações.

Ciclo de Palestras da FENALE

Após a realização da primeira palestra, em maio, com análise do momento político, a Federação já prepara sua segunda palestra, com um tema de muita importância, ainda mais em tempos de pandemia. Desde o início do confinamento tem aumentado o número de mulheres agredidas e mortas, em geral por seus companheiros. Neste sentido a FENALE aderiu à campanha “Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica” e realizará sua segunda palestra com Maria da Penha Maia Fernandes, que dá seu nome à Lei aprovada no Brasil (Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006) que protege a mulher vítima de violência doméstica, ela mesma que ficou paraplégica devido às tentativas de assassinato pelo seu companheiro.

A palestra online acontecerá no próximo dia 7 de agosto, que marca o 14º aniversário da sanção da lei pelo então presidente, Luís Inácio Lula da Silva.

aspal
Por aspal julho 1, 2020 17:23
Escrever um comentário

sem comentários

Ainda não há comentários!

Deixe-me lhe contar uma história triste! Não existem comentários ainda, mas você pode ser primeiro a comentar este artigo.

Escrever um comentário
Ver comentários

Escrever um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*